“Travessia” é o resultado de três meses de um programa de storytelling da Ambigular, implementado em parceria com a associação Adolescere, no qual participaram um grupo de mulheres refugiadas e requerentes de asilo, vindas do Iraque, da Nigéria, do Sudão e do Sudão do Sul.

Em seis episódios, seis mulheres partilham as histórias que decidiram contar, na primeira pessoa. Enquanto nos levam pelos caminhos que percorreram e pelos continentes, mares, desertos e fronteiras que atravessaram, todas elas permanecem protagonistas e detentoras das narrativas que lhes dizem respeito.

Ambigular é uma organização que produz histórias na perspetiva de quem as vive, de forma a construir uma sociedade mais inclusiva.

A associação Adolescere tem como fim promover a melhoria da qualidade de vida da população vulnerável ao risco social, e é responsável pelo acolhimento das famílias monoparentais femininas e refugiadas que participam em “Travessia”.